Chegará o dia em que o sol não irá mais brilhar,
A amizade dará espaço para o interesse o amor poderá ser comprado.
Tudo será artificial, inclusive as flores.
Nada, absolutamente nada, terá graça.
Esse dia chegará! Há de chegar.
A única coisa que restará para ser feita, será encher a cara.
E aí, cada um vai pensar
“Aquele idiota bêbado do Molina tinha razão!”